Contacto direto
igus® Lda.

Rua Eng. Ezequiel

Campos, 239

4100-232 Porto

+351 226 109 000

Máquinas de moldagem por injeção

É difícil imaginar um mundo sem plástico: desde canetas, tampas para garrafas, passando por caixotes de lixo, até ao pára-choques do seu próprio carro - existem componentes de plástico em inúmeras cores e formas em todo o lado no seu quotidiano. Essas peças de plástico são geralmente produzidas pela moldagem por injeção. A moldagem por injeção é um dos chamados processos de moldagem, ou seja, o material inicialmente amorfo é transformado numa forma especial. A base das peças plásticas moldadas por injeção é geralmente um granulado plástico. Os granulados, inicialmente sólidos, são aquecidos e injetados sob pressão num molde. Contudo, este processo é muito mais complicado do que parece à primeira vista. Isto porque o produto acabado deve corresponder exatamente às especificações relevantes em termos de cor, medidas e superfície, e ainda assim ter uma duração de vida e qualidade elevadas. A primeira máquina em funcionamento com base neste princípio foi construída em 1919 para o processamento de acetato de celulose macio.

Montagem de uma máquina para moldagem por injeção de plásticos

Base da máquina, unidade de injeção, unidade de fecho – Como é construída a máquina para moldagem por injeção de plásticos?

As máquinas de moldagem por injeção consistem, geralmente, em três unidades: a base da máquina, a unidade de injeção e a unidade de fecho. Os sistemas de calhas articuladas e os cabos igus® altamente flexíveis podem salvaguardar tempos de paragem elevados em todas as unidades na máquina para moldagem por injeção de plásticos. Especialmente em aplicações com muitos movimentos e consequentemente elevado calor gerado, as calhas articuladas são uma solução para a proteção dos cabos e mangueiras.
 

1

Calha articulada com diversos cabos como cabos de dados e cabos de fluídos, na unidade de injeção

2

Calha articulada, cabos variados na unidade de seleção

3

Guias lineares na porta deslizante da unidade de fecho

4

Calha articulada, diversos cabos de dados na unidade de fecho

5

Base da máquina

A base da máquina é a base ou a fundação da máquina. Os armários de distribuição situam-se aqui e, dependendo da máquina, também pode aqui ser integrado um accionamento. As outras unidades que, frequentemente, também se podem mover, estão localizadas na base da máquina.

A parte inicial do processo de conformação original ocorre na unidade de injeção. O plástico é aquecido e liquefeito. Isso ocorre no chamado fuso.

A unidade de fecho é a ferramenta que determina a forma do produto plástico. É chamada de unidade de fecho porque o fornecimento do material a partir da unidade de injeção pode, entretanto, ser fechado e aberto. Na unidade de fecho existem duas placas de montagem (uma fixa e uma em movimento), bem como uma placa frontal. Estas placas são fixadas verticalmente num eixo.

Como funciona uma máquina de moldagem por injeção de plástico?

Em primeiro lugar é preparada a máquina de moldagem por injeção, ou seja, é preenchida com material (granulado plástico) e depois equipada com a respectiva ferramenta. A ferramenta determina que produto plástico é produzido e é substituível. Portanto, uma máquina de moldagem por injeção de plástico pode produzir virtualmente qualquer quantidade de peças diferentes.
 
Quando a máquina está em funcionamento, o fuso é acionado, deslocando o granulado de plástico para a frente da máquina, onde é liquefeito ( este não pode ser comparado com água, pois a massa torna-se mais viscosa). O movimento do fuso de acionamento gera pressão. Assim que seja atingida a pressão necessária para a produção, o material é injetado na ferramenta na unidade de fecho.
 
A ferramenta é, habitualmente, feita de metal e dividida em duas. Uma parte é instalada numa placa de montagem fixa, a outra na placa de montagem com movimento. Depois de unidas ambas as partes é criado um espaço oco no interior, a chamada cavidade. O material penetra agora neste espaço oco a partir da unidade de injeção, através de um bico de injecção na placa de montagem. A pressão do acionamento deverá preencher completamente a cavidade. Aqui é importante a velocidade de injeção, pois influencia a forma como o material é distribuído na ferramenta; no final, não se devem formar espaços ocos. Assim que é alcançado o ponto limite, a unidade de fecho interrompe o fluxo do material a partir da ferramenta e o material começa a arrefecer dentro da cavidade. Posteriormente, a ferramenta é aberta e podem ser removidas as peças de plástico acabadas. Para além da peça moldada por injeção, existe também o canal de injecção. Este canal permite ao material líquido entrar na cavidade através de uma abertura. Essa parte é posteriormente removida e separada da peça injectada.
 
Dependendo do tamanho da produção e do grau de automação, as máquinas de moldagem por injeção podem ter dimensões muito variadas. Existem máquinas de moldagem por injeção que têm de ser carregadas manualmente com granulado, assim como máquinas que realizam o processo automaticamente estando ligadas a grandes reservatórios através de sistemas de tubagem.
Existem também máquinas em que a remoção das peças injetadas é feita manualmente, assim como outras que têm o processo automatizado ao recorrerem a garras e sistemas integrados de transporte.

A vantagem da igus® para a máquina de moldagem por injeção

Os cabos de controlo chainflex®, os cabos de servomotor e os cabos de motor, bem como as mangueiras hidráulicas, são adequados para o sistema de fornecimento de energia da máquina. Na unidade de fecho, por exemplo, ocorre um movimento relativamente frequente com um de ciclo curto. A construção dos cabos chainflex®, resistentes à torção, com condutores eficientemente entrançados à volta do núcleo e com materiais de revestimento exterior extrudidos directamente a alta pressão nos condutores, tais como o PVC ou o TPE, fazem destes cabos ideais para aplicações altamente dinâmicos.
Os movimentos dos cabos na máquina podem ser guiados com segurança com os sistemas de calhas articuladas igus®. Os cursos são, na maioria das vezes, curtos e horizontais. Para suportar estes cursos, podem ser utilizadas calhas articuladas igus®. Conforme o tipo de máquina é possível uma disposição diferente da calha articulada, por exemplo montada lateralmente ou sem suporte. As calhas articuladas igus® têm uma longa duração de vida, de forma que se podem esperar longos períodos de funcionamento ininterrupto.
A estrutura flexível e a fácil instalação tornam possível adaptar o preenchimento da calha articulada igus® a qualquer momento, caso seja necessário alterar alguma coisa na máquina.
 
Também existem diversos processos de manipulação para a máquina de moldagem por injeção de plástico: os sistemas de calhas articuladas da igus® também podem ser utilizados para o fornecimento de material e remoção de peças moldadas acabadas, bem como para as restantes operações com movimento.
 
Os casquilhos deslizantes igus® também podem ser instalados com guias lineares drylin®. As portas de segurança da unidade de fecho podem, por exemplo, ser guiadas com a combinação de guia-carruagem, leve e sem lubrificação.
 
A propósito, a maioria dos produtos da igus® é produzida com máquinas de moldagem por injeção.

Produtos para a utilização em máquinas de moldagem por injeção

Sistemas de calhas articuladas

Proteção de cabos e mangueiras

Possibilidade de cursos longos sem suporte com cargas adicionais

Elevada resistência à tração

montagem fácil por meio da rápida abertura e separação dos elos

baixo desgaste devido aos polímeros especialmente otimizados da igus®

travessas robustas e arredondadas de forma a não danificar o cabo

Separação interior para maior duração de vida

Possibilidade de uma grande variedade de produtos para quase todas as aplicações e materiais especiais, para áreas de aplicação específicas

Disponíveis em stock com uma grande variedade de acessórios

Cabos

Mais de 950 tipos de cabo em stock

Sem quantidade mínima de encomenda

Sem custos de corte.

Estrutura especial para o movimento em calhas articuladas igus®

vários materiais de revestimento

Casquilhos lineares deslizantes

Secção transversal pequena

Isentos de lubrificação

Elementos deslizantes em polímero, facilmente substituíveis

Baixo peso

Produtos igus® utilizados em máquinas de moldagem por injeção


Aplicações de clientes já implementadas

Injection-molding machine

Pivot arm in injection-molding machines mounted with plastic plain bearings: With the simple plug-in installation and the adjustable collar, it was possible to abandon the highly complex bonding mechanism.

Injection moulding tool

Thee-chain® was installed on an injection moulding tool so thatno additional space is necessary in horizontal direction forthe unreeling movement.

Injection molding machine

drylin® copes with long distances and offers a high cost reduction.

Pillar cleaning facility

The bearings have been installed about a year ago and since then operate free of troubles in the manufacturing.

Outros exemplos de aplicação


Está à procura de exemplos de aplicação testados na prática num determinado ramo industrial?
Aqui pode encontrar aplicações dos nossos clientes e filtrá-las de acordo com as suas especificações.