Contacto direto
igus® Lda.

Rua Eng. Ezequiel

Campos, 239

4100-232 Porto

+351 226 109 000

Devido ao elevado número de encomendas de alguns produtos, ao prazo de envio inicial acrescem 10 a 15 dias úteis. Por favor, consulte a confirmação de encomenda para verificar a data de entrega. Para pedidos urgentes e com curto prazo, contacte-nos para que possamos verificar o prazo de entrega solicitado. Pode contactar-nos em “Contacto direto”, no topo do menu, ao lado da seleção da língua/país ou aqui.

Suporte de fuso drylin® SLS com rolamentos de esferas metálicos

Descrição do produto
Chumaceiras resistentes à corrosão para apoios de fusos
Chumaceiras sinterizados a laser dryspin®
 
Para tamanhos de rosca 6 – 24 mm, estão disponíveis suportes de fusos. Opções para terminais com casquilhos deslizantes ou rolamentos de esferas (BB) para velocidades elevadas.  Todos os suportes de fusos, como os anéis de fixação correspondentes, são fornecidos em alumínio anodizado duro.
 
► Isentos de lubrificação e manutenção
► Alojamento para suportes de fuso
► Furos de fixação para o seu design
► Preparado para a montagem de acessórios como indicadores de posição e travões manuais
► Casquilhos sinterizados a laser disponíveis para fusos com diâmetros de 6 mm
► Versões para roscas TR e DS
 
FL: casquilhos fixos com anel de fixação anodizado, roscas direitas e casquilhos isentos de lubrificação iglidur®
LL: casquilhos flutuantes com casquilhos isentos de lubrificação iglidur®
LH: roscas esquerdas opcionais, apenas TR10, TR2, TR10 e TR3
 
 
_________________________________________________________________________________________
 
Porque é que existem versões diferentes?
 
O tipo de casquilho tem de ser adequado ao tipo de montagem na aplicação. Além disso, o casquilho deve estar alinhado com o sentido da aplicação da força. Se o fizer, o casquilho é considerado estaticamente definido. Existem várias opções de casquilhos, como a combinação fixos-flutuantes e a combinaçãototalmente flutuante.
 
 
Combinação flutuantes fixos:
o casquilho fixo posiciona o veio na direção axial. Os casquilhos fixos devem portanto absorver tanto as forças radiais como axiais e guiá-las para a estrutura circundante. Isto pode basicamente ser cumprido por um único casquilho. O casquilho flutuante corrige minimamente os erros de paralelismo e oferece capacidade de expansão térmica, o que significa que o cabo não fica sob tensão.
 
Vantagens da combinação flutuantes fixo
► Sem folga axial
► Expansão não-crítica do veio (devido a  fatores como a temperatura)
► Adequado para cargas axiais variáveis
► Definição das forças aplicadas 
 
 
Combinação flutuante flutuante:
nesta combinação o fuso não está totalmente fixo na direção axial. Isto significa que sem aplicar demasiado esforço no casquilho, a falta de paralelismo ou diferenças térmicas de comprimento podem ser absorvidas, mas o fuso não está protegido contra desvios. Isto tem de ser considerado particularmente em aplicações de posicionamento.
 
Vantagens dos casquilhos flutuantes de dupla face:
► Económicos
► Baixo custo de conceção
► Expansão não-crítica do veio (devido a  fatores como a temperatura) no sentido da folga
 
Desvantagens:
► Não está totalmente fixo e guiado na direção axial
► Não é adequado para variações de cargas axiais
► Adequado apenas se a folga axial não prejudicar a função
 
 
_________________________________________________________________________________________
 
Versões 
 
Versão de casquilho fixo (FL)

Dependendo do tamanho da rosca, esta versão tem o anel de fixação fixado no próprio fuso ou no diâmetro exterior do fuso. Para fusos de passo rápido, é sempre o diâmetro exterior que é fixo.
 
► Nota: também pode escolher um casquilho para a sua aplicação que utiliza a medida d1 para fixação sobre o fuso maquinado.
 
 
Casquilho flutuante (FL):
dependendo das dimensões do fuso, o fuso maquinado deve ser convertido no valor d1. Pode ver abaixo a que dimensões isto se aplica. O casquilho flutuante suporta apenas o fuso. Este tipo não evita que o fuso deslize.
 
 
Tipo de rolamento de esferas (BB):
este deve ser sempre utilizado em caso de aplicações com elevados requisitos dinâmicos, por exemplo quando está envolvido um motor
 
 
_________________________________________________________________________________________
 
Dicas de design para maquinação da extremidade do fuso:
 
Ref. n.ºd1 mm                                                                                                                              
SLS-16-LL12
SLS-16-LL12
SLS-18-LL12
SLS-18-LL12
SLS-18-LL12
SLS-18-LL12
SLS-20-LL12
SLS-24-LL14
SLS-S16-LL12
SLS-S18-LL12
SLS-S20-LL12

► Nota sobre a capacidade máxima de carga: pode exceder a carga máxima da porca.
Dados técnicos