Selecione o local de entrega

A seleção do país/região pode influenciar vários fatores, tais como preço, opções de envio e disponibilidade de produtos.
Contacto direto
igus® Lda.

Rua Eng. Ezequiel

Campos, 239

4100-232 Porto

+351 226 109 000
PT(PT)

Devido ao elevado número de encomendas de alguns produtos, ao prazo de envio inicial acrescem 5 a 8 dias úteis. Por favor, consulte a confirmação de encomenda para verificar a data de entrega. Para pedidos urgentes e com curto prazo, contacte-nos para que possamos verificar o prazo de entrega solicitado. Pode contactar-nos em “Contacto direto”, no topo do menu, ao lado da seleção da língua/país ou aqui.

Suporte de fuso drylin® SLS com casquilhos iglidur®, casquilhos fixos, rosca direita

Descrição do produto
Chumaceiras resistentes à corrosão para fusos
Chumaceiras dryspin® sinterizadas a laser

Estão disponíveis chumaceiras para roscas nos tamanhos 6 - 24 mm. Opções para apoios com casquilhos deslizantes ou rolamentos de esferas (BB) para velocidades elevadas. Todos os suportes de fusos, e os anéis de fixação correspondentes, são fornecidos em alumínio anodizado duro.

► Isentos de lubrificação e manutenção
► Alojamento para suporte de fusos
► Furos de fixação para a sua montagem
► Chumaceiras sinterizadas a laser disponíveis para fusos com diâmetros de 6-20 mm
► Tipos para roscas TR e DS

FB: Apoios fixos com casquilhos isentos de lubrificação iglidur®
FL: Apoios flutuantes com casquilhos isentos de lubrificação iglidur®
LH: Roscas esquerdas opcionais, apenas TR10x2, TR10x3, TR18x4 e TR24x5


_________________________________________________________________________________________

Porque é que existem diferentes tipos?

Para determinar os parâmetros da aplicação, devemos considerar a posição e a direção das forças no sistema. Para controlar essas forças e garantir o funcionamento correto, utilizamos casquilhos fixos e flutuantes, o tipo fixo é utilizado para controlar a precisão e os casquilhos flutuantes são utilizados para permitir o desalinhamento. Existem várias opções de casquilho, tais como casquilho fixo-flutuante e o totalmente flutuante.


Casquilho fixo flutuante:
O casquilho fixo posiciona o veio na direção axial. O casquilho fixo deve portanto absorver tanto as forças radiais como axiais e guiá-las para a estrutura de apoio. Isto pode basicamente ser feito por um único casquilho. O casquilho flutuante corrige erros de paralelismo e oferece capacidade de expansão térmica, o que significa que o veio não está sob stress.

Vantagens do casquilho flutuante fixo
► Sem folga axial
► Expansão do veio (por  exemplo. devido à temperatura) sem importância
► Adequado para cargas axiais alternadas
► Clareza das forças de atuação 


Casquilho totalmente flutuante:
Num arranjo com duplo casquilho totalmente flutuante, o fuso não é claramente fixado na direção axial. Isto significa que as mudanças mecânicas ou térmicas de comprimento podem ser absorvidas sem causar tensão no casquilho, no entanto o fuso não está protegido contra o movimento. Isto tem de ser considerado em particular quando se trata de aplicações de posicionamento.

Vantagens do casquilho flutuante de dupla face:
► Económico
► Baixo custo do desenho
► Expansão do veio (por ex. devido à temperatura) no intervalo da folga não crítica

Desvantagens:
► Não está fixado no sentido axial
► Não é adequado para cargas axiais alternadas
► Apenas se a folga axial não causar qualquer influência funcional


_________________________________________________________________________________________

Tipos 

Casquilho fixo (FB):

Dependendo da dimensão da rosca, esta versão é presa na própria rosca ou no diâmetro exterior do fuso. Para fusos de passo rápido, é sempre o diâmetro exterior a que é fixado.

► Nota: Também pode escolher uma chumaceira para a sua aplicação que utiliza a medida d1 para fixação sobre o fuso maquinado.


Casquilho flutuante (FL):
Dependendo das dimensões do fuso, a extremidade maquinada deve ser convertida no valor d1. Pode ver em baixo a que dimensões isto se aplica. O apoio com casquilho flutuante suporta apenas o fuso. Este tipo não evita que o fuso deslize.


Versão rolamento de esferas (BB):
Este deve ser sempre utilizado quando a aplicação é altamente dinâmica, como por exemplo quando se utiliza um motor


_________________________________________________________________________________________

Instruções de desenho para maquinagem das extremidades de fusos:
 
Ref. n.ºd1 mm                                                                                                                              
SLS-16x2-LL12
SLS-16x4-LL12
SLS-18x4-LL12
SLS-18x8P4-LL12
SLS-18x24-LL12
SLS-18x100-LL12
SLS-20x4-LL12
SLS-24x5-LL14
SLS-S16-LL12
SLS-S18-LL12
SLS-S20-LL12

► Nota sobre a capacidade máxima de carga: pode exceder a carga máxima da porca
Dados técnicos

Aconselhamento personalizado

Terei todo o gosto em esclarecer as suas questões

Envio e consulta

Pessoalmente:

De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h - via telefone ou chat

Online:

24h

The terms "igus", "Apiro", "CFRIP", "chainflex", "conprotect", "CTD", "drygear", "drylin", "dryspin", "dry-tech", "easy chain", "e-chain", "e-chain systems", "e-loop", "e-ketten", "e-kettensysteme", "e-spool", "e-skin", "flizz", "ibow", "igear", "iglidur", "igubal", "kineKIT", "manus", "motion plastics", "pikchain", "plastics for longer life", "print2mold", "readycable", "readychain", "ReBeL", "robolink", "speedigus", "tribofilament", "triflex", "xirodur" and "xiros" are legally protected trademarks of the igus® GmbH/Cologne in the Federal Republic of Germany, and, where applicable, in some foreign countries. igus® GmbH points out that it does not sell any products of the companies Allen Bradley, B&R, Baumüller, Beckhoff, Lahr, Control Techniques, Danaher Motion, ELAU, FAGOR, FANUC, Festo, Heidenhain, Jetter, Lenze, LinMot, LTi DRiVES, Mitsubishi, NUM, Parker, Bosh Rexroth, SEW, Siemens, Stöber and all other drive manufacturers mentioned on this website. The products offered by igus® are those of igus® GmbH.